domingo, 21 de março de 2010

primavera...


primavera...

...e o hálito do vento
já não é o que era...

no astro da respiração,
o azul intenso,
o despertar,
a cor do dia imenso...

primavera...

...nos dedos periféricos do futuro,
a flor que há-de ser fruto
e o outono colherá,
rico, sumarento, maduro...


====================


ao dia mundial da poesia, à primavera que agora rompe as amarras do inverno - eventos da vida que se renovam no amanhã.

para ambos, este poema, um poema que deve ser pensado no seu amplo sentido.

====================

contra o habitual, uma dedicatória especial às amigas
Licete Sequeira e Glória Reino
por darem voz e apoio aos sentimentos que escrevo

====================

segunda-feira, 15 de março de 2010

a um palmo de ti...



a um palmo de ti,
nos palmos que meço,
és tudo que peço
em palmos medida…

em palmos medida,
em louco frenesim,
és de mim guarida
a um palmo do fim…

quinta-feira, 11 de março de 2010

Em Carcavelos a favor do Haiti

Desde o passado dia 6 e até ao próximo domingo dia 14 de Março, decorre no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Carcavelos, em Carcavelos, exposição de pintura de 42 artistas plásticos que doaram as suas obras a favor da AMI - Assistência Médica Internacional, pela ajuda que vem prestando no Haiti, país recentemente devastado por terramoto.
A exposição, que tem registado assinalável êxito, tem, igualmente, proporcionado vendas que revertem totalmente a favor daquela ONG portuguesa.


Frente e verso do cartaz da exposição


O Salão Nobre da Junta de Freguesia foi pequeno para tanta gente...


Gente, muita gente, atenta, observadora e compradora dos trabalhos expostos


Este o trabalho que doei e apresentei emoldurado (40 x 50 cm)
Dei-lhe o título de "haiti - da destruição à reconstrução do homem"
Trata-se de um acrilico sobre papel cansom com as medidas de 29 x 39 cm


olhares atentos e curiosos sobre o meu trabalho.....


O Dr.Fernando Nobre, fundador e presidente da AMI junto de mim e do poster com o poema que escrevi sobre o Haiti


Este o poster com o poema que antecedia a exposição e já editado no blog.

===========================

A exposição estará patente ao público até domingo, dia 14 de Março, das 10.30 às 19.30 horas, nos dias úteis e aos fins de semana das 16.00 às 19.30 horas.

PARTICIPE - AJUDE - O HAITI PODIA SER AQUI...

===========================

sexta-feira, 5 de março de 2010

mulher



a propósito do dia internacional da mulher que se celebra a 8 de Março e lembrando Engels quando afirma que... “o homem é o burguês e a mulher o proletário…”, escrevi o poema que segue e foi editado na revista "o escriturário" do Porto, em Março de 1978


mulher de rosto dorido…

tu que és a primeira que se levanta
e a ultima que adormece;

tu que és a bandeira da vontade
e a mágoa que permanece;

tu que és o segredo da semente, fruto, raiz
e da liberdade que se alcança;

perdoa as dores da ingratidão
- de que és vítima –
em cada lugar, mundo, país


================================

com dedicatória às mulheres da minha familia que lutaram e venceram as contrariedades da vida, a todas aquelas que souberam elevar a voz,
romper conceitos e conquistar a legitimidade dos seus direitos,
da sua liberdade.

================================

a canção "woman" de John Lennon, que tocou em fundo, aquando da edição deste post, é uma das preferidas de minha Mãe - por isso, com dedicatória, "ilustrou-o" musicalmente.

================================

o trabalho que encima este post é de minha autoria.
trata-se dum desenho a carvão de 1968 com as dimensões
de 26 x 35 cm

================================