segunda-feira, 9 de abril de 2012

no sal dos teus beijos



no sal dos teus beijos,
onde bebo a ilusão,
tempero os sonhos,
acordo os dias,
mato a solidão…


======

imagem da internet
autor desconhecido

======

10 comentários:

rosa-branca disse...

Lindo meu amigo e o amor é assim mesmo. Beijos com carinho

HELENA AFONSO disse...

LINDISSIMO ESTE POEMA, SIMPLES, ETERNO, VERDADEIRO!
um bjº HELENA

Anónimo disse...

Impressionante a sua arte e a capacidade de sintetizar o sentimento em pouquissimas palavras.Adorei.Amélia Proença

maria selma disse...

Muito lindo...
Vim conhecer o seu blog e já sigo,
Gosyei muito de sua visita no Chá da tarde.
Tenho um outro blog Detudoumpouco,tem alumas poesias de minha autoria e de amigos...convido para visitar..
http://mariaselmadr.blogspot.com
Abraço amigo,

Anónimo disse...

Maria Aparecida Torneros comentou sobre a sua postagem no blog
que lindooooooooooooo...emocionei-me...

Anónimo disse...

Maria Aparecida Torneros - que lindooooooooooooo...emocionei-me...bjs

Anónimo disse...

Valentina D'Orazio - Bellissima

Graça Pereira disse...

Pequeno poema mas...grande no significado!
Beijo
Graça

BRANCAMAR disse...

versos lindos de um dizer de experiência feito, de quem sabe o valor das coisas simples e boas da vida.

Um abraço.

elvira carvalho disse...

Tão pequeno e tão rico de significado.É a prova de que quantidade não é qualidade.

Um abraço