segunda-feira, 21 de maio de 2012

na boca da manhã



na boca da manhã,

no primeiro beijo do dia,

desfaz-se o silêncio,

a preguiça matutina,

o enlace do despertar…


======

3 comentários:

claudete disse...

É...preciso amar para beijar pela manhã , boca, claro, porque olhar a natureza que nos cerca, abrir os olhos para a vida , enxergar amor de Deus em tudo é agradecer mesmo este fenomenal beijo que a vida nos dá todas as manhãs. Abração.

HELENA AFONSO disse...

MAIS UM BELISSIMO POEMA, o JOÃO COM A SUA VEIA POÉTICA E EU COM O MEU ESPIRITO DE GLOBTROTTER, ASSIM
partilhamos o belissimo mundo em que vivemos...
beijo
HELENA

Paula Raposo disse...

Eu só acrescentaria que na boca da manhã desfazem-se todos os enganos nas mãos matutinas do despertar.
Beijos.