terça-feira, 20 de março de 2012

dia mundial da poesia - se perdem tão tristes teus olhos



se perdem tão tristes teus olhos na noite
se quedam incertos
os dias futuros…

…e tu tristemente
rasgas silêncios
buscando a verdade
dos sons ocultos…

…e clamas chorando
tua liberdade
engrossando o caudal
do rio sangrento…

se perdem lá longe em espaços etéreos
as trovas cantadas
à terra imortal…

…e tu lancinante
esperas que o menino
rasgando o teu ventre
se banhe de luz…

…e o mundo então
segue seu pastor
que guia seu rebanho
ao mundo melhor…

======================

Com saudade lembro o Maestro Rocha Oliveira que musicou este poema

======================

Oiça a canção aqui...

http://www.youtube.com/watch?v=G4k3r0YkADo

======================

8 comentários:

Anónimo disse...

Sandra Strecht: Lindo Mestre. Beijinhos de boa noite :

Anónimo disse...

Cristina Reis Videira: Muito bonito! Um bj primo João :)

Anónimo disse...

Maria Oliveira: Belo poema......linda canção....

Anónimo disse...

Isabel Saavedra: Obrigada, meu amigo Poeta! Que bom ter amigos assim.Beijinho

Anónimo disse...

Ana Gonçalves: Meu amigo Poeta obrigado por ser nosso amigo! É com muito orgulho que o temos como amigo! GRANDES ABRAÇOS!!! Dos amigos Ana e Zé.

elvira carvalho disse...

Lindo amigo.
Um abraço e tudo de bom para si

claudete disse...

Belo poema João...Me tocou profundamente no dia de hoje,é atemporal. Abraços.

p.s. amei a música instrumental ao som do violino para o hit de Adele.

São disse...

Não conhecia, agrdeço ficar a conhecer.


Não pode dispensar esta totira de duas palabras irritantes?

O meu desejo de bom domingo