segunda-feira, 15 de março de 2010

a um palmo de ti...



a um palmo de ti,
nos palmos que meço,
és tudo que peço
em palmos medida…

em palmos medida,
em louco frenesim,
és de mim guarida
a um palmo do fim…

24 comentários:

Manuela Freitas disse...

Muito interessante João...só a um palmo!... Tudo está mesmo a um palmo!?...
Um abraço,
Manuela

Anónimo disse...

Lindo...simplesmente...LINDO.
Um beijo.
Angelita

claudete disse...

a um palmo da consumação , bela forma poética de sublimar uma posse querida e consentida. Abraços.

Rosette disse...

A inteligência e o toque de génio de quem sabe dizer o que não escreve...

Sonhadora disse...

Meu amigo
Adorei o seu poema...muito profundo.
diz muito.

Beijinhos
Sonhadora

© Capri disse...

A un palmo se puede sentir tanto... como en esta poesía.



Bjs

Angela Ladeiro disse...

A sua poesia de simples que é encanta quem a lê.

Elaine Barnes disse...

Poucas palavras, muita inteligencia, intensa beleza a um palmo da minha tela. Montão de bjs e abraços repletos de admiração

Paula Raposo disse...

Adoro este teu jogo de palavras!!
Beijos.

Lídia Borges disse...

Absolutamente delicioso!!!

L.B.

Vanessa disse...

A um "palmo de ti" é assim que quero ficar!

Muito lindo o poema!

Beijos e boa semana.
Ah! Obrigada pela visita em meu Blog também!

Solo Mujer disse...

palabras tejidas con delicadeza y maestría

me gusta, me gusta :D

beijos

Mona Lisa disse...

Olá

Obrigada pela visita ao meu "cantinho"

"A um palmo de ti"...era o que queria!

Adorei o poema.

Bjs.

Eros disse...

OBRIGADO MUITAS PARA A SUA VISITA É UMA HONRA PARA UMA MEU… EMBRASSADE CORDIAL DESDE L' ARGENTINA…
Eros.......

REGGINA MOON disse...

João,

Grata pela visita!
Muito bonito o seu verso, como tudo o que pude ver em seu espaço.
Parabéns!

O convido a conhecer o meu Blog principal:

www.versoeprosapoemas.blogspot.com

...e todos os outros, se assim o desejar.

Abraços,

Reggina Moon

Pelos caminhos da vida. disse...

Adorei!

obrigado pela sua visita.

beijooo.

xistosa - (josé torres) disse...

Ao ler esta poesia fui sublimado.
Espero que só um palmo para a queda ser menor.

Peço desculpa pela irreverência.
mas vejo humor em tudo.
Até na morte.

Mais uma vez, desculpe se transtornei o curso deste rio.

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDO JOÃO MARAVILHOSO POEMA, ENTROU NO MEU CORAÇÃO... GRATA PELA TUA VISITA AO MEU CANTINHO... ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

Graça Pires disse...

A palmo nenhum das palavras certas para um poema de amor...
Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

um belo poema de amor.

curto e suave.

um beij

continuando assim... disse...

t]ao simples, lind[issimo

medido em palmos

bj
teresa

Michele disse...

Lindo poema que Deus abençõe e te inspire cada dia mais!
Obrigada pelo comentário no meu blog é uma honra saber a opinião de um poeta de talento!
Já estou te seguindo!
Um abraço e fica com Deus.

Miss Keatch disse...

Lindo poema!

Só a um palmo de distância uns dos outros, é o que basta...
Obrigada pela visita lá a casa, volte sempre.

Abraços

www.artgoretchagas.com disse...

PARABÉNS ... É COMO SENTIR A UM PALMO DA REALIZAÇÃO PLENA ... UM PALMO ... JÁ DÁ PARA VISUALIZÁ - LA.
UM ABRAÇO PRIMAVERIL,
GORET
www.artgoretchagas