sexta-feira, 9 de julho de 2010

os mares que trazes em teus olhos



os mares que trazes em teus olhos
azuis esverdeados,
ondulam horizontes,
destinos de silêncio…

é nesse silêncio que aconteço
quando em teus olhos
navego
e neles entardeço…

======

5 comentários:

Elaine Barnes disse...

Maravilhoso! Nos vemos refletidos no olhar do 'outro" e é onde tudo acontece. Parabéns! Belíssimo, poeta!Montão de bjs e abraços

Rosa dos Ventos disse...

...e amanheço!
Belo...

Abraço

Graça Pires disse...

Muito belo!
Beijos.

Luaaz disse...

Esplêndido,
Esse poema lembrou-me de um antigo amor que possuí.
Beijoo

mundo azul disse...

__________________________________


...muito sentido o seu poema! Impecável, como sempre...


Obrigada, pelos versos que deixou no MA, emocionei-me com eles...


___________________________________