quinta-feira, 30 de outubro de 2008

a noite



a noite...

de fogo de oiro,
de luzes de lua,

tem língua de pedra,
voz de suspiro,
corpo de ninfa...

com ruídos de silêncio,
virilhas de fêmea,
é coito de fuga,
nupcia de estrelas...

a noite...

escuro de enlaços
onde sombras desenham
medos nocturnos...

46 comentários:

Paula Martins disse...

Olá Amigo João, gosto muito deste teu retrato da noite.
Em tempos também escrevi este tema e se me permites aqui te deixo com um enorme beijinho.

"Noite…

Noite que unes
Noite que afastas
Noite que dás vida
E que ás vezes matas…

Noite dos Amantes
Noite de fantasia
Noite do medo
Do nascer do dia

Noite escura
Noite bem passada
Noite dos Amigos
Que regressam da noitada

Noite triste
Noite feliz
Noite do Poeta
Que sente o que diz

Noite do vadio
Noite do embuçado
Noite que te silencias
Para escutares o Fado…"

Mello disse...

Olá!

Adorei o teu poema: "A Noite".

Inicialmente não apreciava muito a noite, só a considerava boa para descansar, mas com o passar dos anos a noite foi-me encantando. Para mim, a noite devia ser maior do que o dia. À noite encontro paz, sossego, poesia...

Beijinhos dos Açores,

Graça Mello

Carecaloira disse...

Também adorei.
A noite traz paz, serenidade, calma, silêncio. Gosto da noite.

Beijinho
Marina

Paulo Afonso Ramos disse...

um poema maior.
uma mensagem a explorar
abraço

Haere Mai disse...

Tapo-me com o seu manto negro, coberto de reflexos de prata, e adormeço encostada a uma estrela! Bela é a noite!
Beijo azul

Caçadora de Emoções disse...

João,
Um belíssimo Poema à Noite... adorei!
Desejo-lhe um excelente fim-de-semana, com tudo de bom.

Abraços e um grande sorriso :)

Paula disse...

A bela e misteriosa noite...
Asustadora ou tranquila...
Mais uma vez gostei!!!
Beijos,
Paula

dona tela disse...

Olhe, desta vez deu-nos para sonhar...

Muito obrigada por todas as atenções.

Justine disse...

Noite de palavras feitas fogo-de-artifício!

Lúcia disse...

'com ruídos de silêncio,
virilhas de fêmea,
é coito de fuga,
nupcia de estrelas'
Dizer o quê João?
Lindo!
Beijos

mariam disse...

João,

ah!como doirou a noite
e a tornou voz de tantos enlevos

a noite que é mestra
n'Ela se esbatem todas as imperfeições...

muito bonito, Poeta.


bom fim-de-semana
um sorriso :)

mariam

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido João, que belo poema, intitulado a noite... A noite tem muitos segredos, a noite é linda, é na noite que eu me inspiro... Amigo, não sou capaz de escrever uma palavra de dia... A noite activa a minha inspiração... Querido João, um belíssimo fim de semana com muita Paz e Alegria... Beijinhos de ternura,
Fernandinha

Marcia Barbieri disse...

adorei,adoro a noite,as luzes...o leve entorpecimento noturno...

beijos

elisabete fialho disse...

A noite tem a minha voz
Que entoa cantigos
De tema, lembranças
E se gargalho
E se me escondo
E se tapo a cabeça e grito
-Ahhhhhhh maldita vida
É porque ainda espero o dia
Pouco importa se na noite
Vejo todas as vezes que morri
Pouco importa se na noite
Vejo todas as vezes que renasci
Sei que ainda aqui estou
Para que a noite com seu abraço perseguidor
Me encontrar de novo

João, caro amigo desculpe mas não resisti, sempre que vejo uma coisa que bonita e que sinto, logo me apetece fazer parte dela
Não leve a mal João,foi mais forte do que eu
Abraço

Vanessa disse...

Noite, onde o luar ilumina os sonhos mais ausentes!

beijos

elvira disse...

Depois da cirurgia, estou regressando aos poucos.
Um abraço e bom fim de semana

Sol da meia noite disse...

A noite é o lugar do sentir.
Como por magia, tudo se materializa a coberto da noite. Os contornos passam a ser formas nítidas.
Tem um poder hipnótico, a noite...

Abraço

JC disse...

Gostei do seu poema. A noite pode proporcionar-mos tudo isso. A noite é mistério. A noite é bela quando vivida com a intensidade que ela merece.
Abraço

Carol Rezende disse...

"escuro de enlaços
onde sombras desenham
medos nocturnos..."

Me lembra uma noite passada...

BlueVelvet disse...

Gosto muito da noite.
Faço tudo melhor, de noite: estudo, leio, trabalho, escrevo.
A noite é a 25ª hora do meu dia.
Gostei da sua.
Bom domingo e veludinhos azuis

La Lola disse...

Precioso poema.
Me gusta la noche, noches de verano, cálidas con olor a mar, con luna o sin ella pero con miles de estrellas.....
Un abrazo querido Joao

Ailime disse...

Inspirado poema sobre a noite, companheira de todas as solidões e onde no "ruído dos silêncios" se ouvem tantas vozes silenciadas...
Beijinhos.

Alda disse...

Adorei o poema!!!

A noite tem os seus mistérios, segredos, e muita magia...

Uma boa semana.
Bjs

vero disse...

A noite que me faz sentir viva é a mesma que me faz chorar a solidão, porém que venha a noite porque o dia é mais triste ainda...

Gostei muito de le

Beijinhos***

teresamaremar disse...

Boa noite,

Sou Teresamaremar do espaço
www.NasTintasParaAsRegras.blogspot.com.

Venho informar que Elisabete Cunha – http://betescunha.blogspot.com/ - tem vindo a copiar integralmente, desde Setembro último, os meus textos e recolha de imagens.
Porque, contactei essa senhora, duas vezes, via email, de forma a que retirasse os meus trabalhos do seu espaço, não tendo obtido qualquer resposta, sou a esclarecer que são integralmente de minha autoria os posts por essa senhora publicados nos dias,

4 Setembro 2008
7 Setembro 2008
8 Setembro 2008
10 Setembro 2008
13 Setembro 2008
22 Setembro 2008
30 Setembro 2008
1 Outubro 2008
10 Outubro 2008
18 Outubro 2008
29 Outubro 2008

como poderá ser constatado no meu blog www.nastintasparaasregras.blogspot.com, e correspondem às minhas publicações seguintes,

26 Maio 2007, Primórdios da arte ocidental
22 Maio 2007, Recriar o Passado
17 Maio 2007, Da têmpera ao óleo
12 Maio 2007, A tela, invenção renascentista
5 Maio de 2007, Perspectiva, a ilusão da percepção
4 Maio 2004 (nota de abertura do meu blog)
6 Maio 2007, (IN)descrição das cores
10 Maio 2007, Psicologia das cores
20 Junho 2007, Das trevas à luz
9 Junho 2007, O olhar mágico
13 Junho 2007, Em tentação
3 Julho 2007, Do feminino e do masculino na arte
16 Agosto 2007, On Va à la Plage
24 Setembro 2007, Traço.Linha.Ponto

Considero que referir no final desses posts Fonte: Nas Tintas Para As Regras, é apenas a forma de dissimular a infracção que vem fazendo, pois que tal não é referência de uma fonte, porquanto
. não indica que se trata de um blog,
. não contém hiperligação para esse (meu) blog,
. não indica o endereço deste – www.nastintasparaasregras.blogspot.com –
. nem tão pouco inclui qualquer referência à autora teresamaremar

Mais acrescento que, uma fonte é, eventualmente, um lugar de onde retiramos uma imagem, uma ideia ou uma frase mas da qual nunca se faz uma cópia total do que outro escreveu e investigou, trabalho dedicado e, tantas vezes, demorado.
Mais me surpreende que essa senhora agradeça os comentários que lhe deixam nesses mesmos posts, sem que refira ser teresamaremar a autora dos mesmos.

A bem da seriedade bloguista

Cumprimentos

Graça Pires disse...

"com ruídos de silêncio,
virilhas de fêmea,
é coito de fuga,
nupcia de estrelas..."
Lindo! A noite continua a ser um lugar de sobrevivência...
Um abraço.

f@ disse...

As luzes da lua a iluminar o outro lado… a outra face..
Incendiada de doce merengue de ninfa na noite a desenhar aurora…

Beijinhos das nuvens

TRÍPTICO(POEMAS)FERNANDA disse...

Olá querido João, desejo-te uma boa semana e deixo-te beijinhos de carinho,
Fernandinha

Marta Vasil disse...

A noite! A misteriosa noite! Coito de fugas, sim, coito de segredos, de medos, de alvoroços, coito de palavras e de pensamentos proibidos...

Que prazer tive ao ler poema!

E já que falamos da noite, uma boa noite para si.

MV

Paula Raposo disse...

A noite sempre inspiradora!! Beijos.

xistosa - (josé torres) disse...

... e o sussurro da noite,
que nos tortura a alma,
sob a luz delgada,
duma Lua plana.

Noite de paradoxos que que os silêncios enlevam, ou elevam...

Emanuel Azevedo disse...

Caríssimo amigo João tudo bem contigo? Desculpe a minha ausência nos comentários mas tenho seguido o teu trabalho, e quero dar-te os meus parabéns! Um forte abraço de angra do heroísmo

Carla Silva e Cunha disse...

ola


gosto do seu blogue e por isso passarei por cá mais vezes.

Boa semana

http://arte-e-ponto.blogspot.com

luzdeluma disse...

Grande sensibilidade João!!
O poema nos faz viajar em imagens e sensações!! Gostei!! Beijus

Nunca é tarde para ser feliz! disse...

A noite é maravilhosa!!! Seu Blog também!!!

mundo azul disse...

...a sua noite está muito bem desenhada, poeta!

Beijos de luz para um coração muito especial...

Angélica disse...

Que noche la de anoche...
Hermoso poema mi querido amigo.
Pasando a dejar saludos, buenos deseos y bendiciones.

Jofre Alves disse...

É com grande prazer que passo por aqui, depois duma pausa de algum tempo por motivo de doença dum ente querido. Venho ver e apreciar este excelente blogue, uma página de grande qualidade, que visito com grande prazer. Boa semana com tudo de bom.

Estrella Altair disse...

A noite é mágica... tens razão e a poesia linda, mas sinceramente na actualidade Joao, prefiro no dia, desfruto mas dele, sento-me melhor de dia que de noite, ainda que para falar de amor, quizas seja mas romântica a noite.
Um beijo muito forte

dona tela disse...

Convido para fazer uma experiência lá no meu sítio. Olhe que é muito giro!
Respeitosos cumprimentos.

fgiucich disse...

La noche y sus profundos misterios. Abrazos.

Deusa Odoyá disse...

Olá amigo!
A sua noite é maravilhosa e seu blog também.
Uma semana abençoada para tí.
Muitas luzes e bençãos em seus caminhos.

Da amiga.

Regina coeli.

*Maura Girassóis* disse...

Sempre é muito gostoso voltar aqui...
Belos escritos e me emocionam...!
Beijos da Maura***

Novo Olhar disse...

A noite sempre inspiradora..


Lindo o poema

Bjs
Dolores

Véu de Maya disse...

belíssimo e leve o poema...
a noite ninfa dourada da vida..

cumprimentos

Juani lopes disse...

adoro la noche, en ella mis silencios se convierten en palabras de esperanza y mis useños se hacen realidad en el interior de mi alma
saluditos