sexta-feira, 18 de abril de 2008

na memória...



na memória ( da manhã )

há segredos ( do dia ),

um silêncio ( que acorrentas )

no tempo que de mim resta...

2 comentários:

Lucia Freitas, Ceilândia,DF disse...

Breve e conciso ou a esperiência de quem sabe.

ENERGIA PURA disse...

Adorei seus textos.
Obrigada pela passagem ao ENERGIA PURA.
Seja bem vindo.
A casa é sua, a estrada é nossa!
Abraços fraternos.
Tracy Aranha Costa